Escuta o teu corpo

Escuta o teu corpo.jpg

Acredito que os bons livros nos trazem algo que nos ajuda a tornar num ser humano melhor. Pode ser uma pequena frase, uma expressão, uma ideia...

A verdade é que este livro me inspirou a querer fazer mais e melhor, me inspirou a parar para sentir, para pensar e definir aquilo que é melhor para mim.

 

Naquele dia, deixei de carregar o urso às costas!

Pode parecer estranho, mas este foi o grande ensinamento para mim deste livro.

A forma como a Francisca nos faz aperceber do stress que carregamos todos os dias é para mim delicioso e tão simples de entender.

O nosso corpo não tem a capacidade de diferenciar o stress a que estamos sujeitos se estivermos a fugir desalmadamente de um urso na floresta ou se apenas estivermos a correr porque estamos atrasados para o trabalho. Ou seja, em situação de stress, o nosso corpo reage da mesma forma. Quando estamos em stress, o nosso corpo produz cortisol que bloqueia os vários sistemas e tem como principal função elevar os níveis de energia para que o corpo consiga responder rapidamente à situação que o deixou em stress. Se estivermos efetivamente a fugir de um urso, precisamos dessa energia extra desbloqueada, no entanto, se apenas estivermos atrasados para o trabalho, essa energia extra não vai ser utilizada porque entretanto já chegámos e já estamos sentadinhos no nosso posto. O que acontece logo a seguir? O nosso corpo armazena esta energia sob a forma de gordura! A tão famosa barriguinha provocada pelo stress!

Depois de ler este livro, percebi que todos os dias eu levava um urso para o trabalho. Nem sempre fui assim, mas ultimamente acordava tarde e fazia tudo a correr, ou seja, sempre com um urso atrás de mim!

Foi uma forma tão simples de perceber o mal que estava a fazer a mim própria e com isso surgiu a vontade de querer fazer diferente!

Obrigada Francisca!