Estamos preparados?

final-1.jpg

Estamos preparados?

Ouvimos dizer que ser mãe é uma sensação única, que o nosso coração vai transbordar de amor (como nunca transbordou), que aquele olhar pequenino faz com que tudo valha a pena...mas também ouvimos dizer que deixamos de ter tempo para nós, que tudo se torna um caos, que as noites mal dormidas não têm fim, que os momentos a dois acabaram, que a nossa casa vai ficar virada do avesso, que o nosso corpo não vai voltar a ser o mesmo...

Será que estamos preparados? A verdade é que não sabemos bem para o que vamos. É seguramente um mundo desconhecido. Até aqui, as nossas relações são de igual para igual, como irmã, como amiga, como casal ou quando eramos pequenos tínhamos alguém que cuidava de nós. Pela primeira vez na vida, somos nós que temos um pequeno ser que depende de nós, o nosso papel passa a ser diferente. As decisões são nossas, continua a ser de igual para igual, mas o peso da responsabilidade é outro.

Sinto um nervoso miudinho, mas estou incrivelmente calma.

Para mim, a forma de me preparar é viver um momento de cada vez, é aproveitar cada segundo único que é gerar um bebé dentro de nós. É viver no momento presente. É ter consciência que vai ser um desafio, que há dias que vão ser cor-de-rosa e que há outros que serão cinzentos, que tudo exige esforço, mas que irei fazer o melhor que puder fazer. Todos os bebés, as gravidezes, os casais são diferentes e aquilo que poderá funcionar para nós pode não funcionar para outros...quero apenas manter a minha consciência alinhada que irei fazer o melhor para mim, para a nossa bebé, para nós...e assim tudo fica mais tranquilo.

"Cuida-te com gentileza, desacelera a cada movimento, porque a força mais importante é a que permite estar, por inteiro e com prazer, em cada momento. Baixa o ruído, para ouvires melhor o bater sem esforço do teu coração - ele chega para te embalar nos desafios maiores." Mariana Bacelar